quinta-feira, 11 de abril de 2013

Resenha: Feios

Feios - Scott Westerfeld
Editora: Galera Record
Páginas: 416

Sinopse: Tally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito. Em apenas algumas semanas Tally estará lá. Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.

Tally é uma menina de apenas 15 anos, e que espera impacientemente seu próximo aniversário, pois quando fizer 16 anos ficara perfeita. Realmente perfeita. Seu rosto vai ser modelado para um padrão de beleza, ela irá morar em uma outra cidade, intitulada de Nova Perfeição.

Os padrões que conhecemos não existem mais: árvores não são cortadas, tudo é muito tecnológico, carros não usam nenhum combustível pois flutuam, etc. Nós do século XXI, somos conhecidos nesse livro como "Enferrujados". Me esqueci de falar antes, mas as crianças depois dos seus 12 anos, até completarem os seus 16 anos de idade, ficam em um local chamado "Vila Feia", onde eles estudam, no colégio, igual o nosso, e ficam ali, esperando para completarem seus 16 anos.

Tally tinha um amigo, que era mais velho do que ela, e por fim, foi parar em Nova Perfeição. Sozinha então, Tally consegue encontrar uma nova amiga: Shay. Shay tem uma mente totalmente diferente da de Tally, pois ela não quer se tornar perfeita. Não vou falar mais da história porque já estou dando spoilers demais né gente. :x

O livro é realente muuuuuuito bom, Scott consegue escrever de um jeito que faz com que você não queira parar de ler. Mesmo eu tendo visto muitas resenhas que falavam muito mal dele, que a história não era convincente, que muitas vezes se tinha vontade de matar o autor, mas eu não achei isso, na verdade, bem pelo contrário, achei a história linda, que nos mostra que as pessoas realmente só se importam com a beleza, que muitas vezes, deixamos os outros moldarem nossas ideias só para fazer com que os outros nós achem mais bonitos.

Muitas vezes me peguei largando o livro de mão e refletindo sobre os meus conceitos e o das pessoas a minha volta. Não sei dizer que estava errado, se era eu ou os personagens do livro, mas sei dizer que para quem quer refletir sobre certas coisas, tão banais para nós, deve ler esse livro. Não estou "idolatrando" o livro, mas sim demonstrando que ele tem o poder de mudar as pessoas que querem ser mudadas.

Claro que o livro não é PERFEITO, pois várias vezes me pego pensando como seria mais fácil fazer as coisas de um jeito diferente, em certo momento no livro. Muitas vezes me irritava facilmente co Tally, por um motivo que não posso falar pois estarei falando da história do livro. Mas só digo, quando vocês estiverem lendo o momento que ela chega na Fumaça, vão entender tudo que eu estou falando.

Como não comprei o livro, não sei muito o preço, mas para quem quer ler algo diferente, meio distópico, eis aqui um bom livro.

Minha nota: 4/5.

Um comentário:

  1. Oi, como está?
    Estou doida para comprar esse livro, estou numa onda bem distopica ultimamente! Adorei a resenha!
    Tem post novo no blog,
    passa lá e confere!

    endless-poem.blogspot.com.br

    Beijão

    ResponderExcluir